ACS alerta que Policiais e Bombeiros Militares atuando fora de seu domicílio eleitoral podem solicitar voto em trânsito até esta quinta (18)

O eleitor fora de sua cidade, mas em outro município no mesmo estado, poderá votar para todos os cargos em disputa nas eleições de outubro deste ano.

Publicado em - 17 de agosto de 2022

ACS alerta que Policiais e Bombeiros Militares atuando fora de seu domicílio eleitoral podem solicitar voto em trânsito até esta quinta (18)

A Associação dos Cabos e Soldados da Polícia e Corpo de Bombeiros de Pernambuco (ACS-PE), reforça que policiais e Bombeiros militares não perdem o direito de votar por se encontrar fora do domicilio eleitoral.

É preciso solicitar o voto em trânsito e assim garantir votação para todos os cargos em disputa: presidente, governador, senador, deputados estadual e deputado federal

O requerimento para votar em trânsito precisa ser feito presencialmente, em qualquer cartório eleitoral, sem necessidade de agendamento. É possível solicitar o voto em trânsito para o primeiro, o segundo ou ambos os turnos.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), caso a eleitora ou eleitor indicar uma cidade localizada em outra unidade da Federação diferente da do município do seu domicílio eleitoral, o voto em trânsito vale apenas para o cargo de presidente da República.

O pedido para votar em trânsito só pode ser feito para as capitais e cidades com eleitorado igual ou superior a 100 mil pessoas. É possível consultar os locais habilitados a receber o voto em trânsito no site do TSE. Não é possível indicar municípios em outros países para o voto em trânsito.

ACS-PE escuta demandas
A Associação Pernambucana dos Cabos e Soldados exerce uma função fundamental no acompanhamento dos trabalhos realizados pela Polícia Militar e Bombeiros Militares. A entidade tem representatividade junto à tropa, o que garante credibilidade para buscar as melhorias necessárias e valorização do trabalho desses profissionais da Segurança Pública.

Pensando nisso, o Presidente da ACS-PE, Luiz Torres, esteve em Caruaru para ouvir do Militares que atual na região, quais as demandas necessárias, e mais urgentes, que podem receber o auxílio da entidade, tanto já prática, quanto no diálogo com o poder público.

A receptividade da tropa para com a diretoria da ACS-PE foi marcante. Além de ouvir, os representantes da entidade também levaram propostas para ser compartilhada com os verdadeiros interessados.

Notícias Relacionadas

Abrir Chat
Olá 👋 Podemos te ajudar?
Olá 👋
Podemos te ajudar?