“Há sete anos que perdemos o poder de compra, por isso a extinção das faixas deve acontecer neste ano”, diz presidente da ACS/PE em audiência pública

Publicado em - 22 de março de 2024

“Há sete anos que perdemos o poder de compra, por isso a extinção das faixas deve acontecer neste ano”, diz presidente da ACS/PE em audiência pública

A audiência pública que discutiu o fim das faixas salariais para policiais e bombeiros militares movimento a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) nesta quarta-feira, 20 de março. Na tribuna, o presidente da Associação Pernambucana de Cabos e Soldados, Policiais Militares e Bombeiros Militares (ACS/PE) Luiz Torres, um dos responsáveis pelo chamamento da audiência, representou os anseios dos mais de 30 mil trabalhadores e trabalhadoras que garantem o bem-estar social da população pernambucana.

Em seu discurso, o presidente da ACS/PE voltou a cobrar o fim imediato das faixas salariais, sem escalonamento. Segundo Luiz Torres, “há 7 anos os policiais e bombeiros militares perderam o poder de compra. Para sobreviver, nossos companheiros se vêem em escalas exaustivas de trabalho para complementar a sua renda. Sem falar da falta de dignidade e de boas condições de trabalho ”, disse.

O representante da categoria pediu a extinção das faixas salariais ainda neste ano, a retirada do atual projeto, além da abertura do diálogo do governo do Estado com a tropa. “Ao mesmo tempo que a extinção imediata das faixas salariais, peço também a retirada deste projeto e solicito diálogo. Os policiais e bombeiros militares de Pernambuco em nenhum momento foram ouvidos para a formulação do projeto que está em tramitação nesta casa”, enfatizou.

Em entrevista, Luiz Torres também demonstrou preocupação com o futuro da carreira do militar. “Atualmente, os policiais militares dedicam, em média, 35 anos de suas vidas ao serviço à sociedade, mas enfrentam incertezas quanto ao seu futuro, falta de reconhecimento humano e profissional. É essencial fortalecer essa categoria, seja melhorando cargos e salários, oferecendo oportunidades de reciclagem e formação. Quanto mais capacitados os policiais estiverem, melhor será o atendimento à sociedade”, concluiu o presidente da ACS-PE.

Notícias Relacionadas

Abrir Chat
Olá 👋 Podemos te ajudar?
Olá 👋
Podemos te ajudar?