Policiais de Caruaru salvam criança engasgada durante operação

A mãe do bebê acenou para viatura do 4º BPM que prontamente atendeu o chamado.

Publicado em 20 de abril de 2021

Soldados Raiainne e Ailton Santos

Soldados Raiainne e Ailton Santos

 

Um susto e tanto. Foi no bairro do Salgado, em Caruaru, no agreste do estado. Policiais do 4º BPM participavam da Operação Forte, no bairro do Salgado, quando foram chamados por uma mãe em desespero. A equipe prontamente parou a viatura e percebeu que a mulher carregava o filho nos braços. A criança estava desacordada e apresentava sinais de asfixia. Com a pele roxa, por falta de oxigênio, o bebê estava sem respirar. Foi aí que o efetivo, formado pelos Soldados Raiainne e Ailton Santos, entrou em ação. O procedimento de reanimação foi realizado conforme treinamento recebido em academia. É a chamada MANOBRA DE HEIMLICH. Os primeiros socorros surtiram efeito. A criança retomou a consciência, voltou a respirar e foi levada pela PM até a UPA mais próxima, onde o atendimento foi finalizado pela equipe médica da unidade. Com alívio, a foto do menino nos braços da equipe foi postado em redes sociais. O Presidente da Associação Pernambucana dos Cabos e Soldados, Albérisson Carlos, parabenizou os militares envolvidos no resgate do bebê. “É nessas horas que a gente percebe o quanto o Policial e o Bombeiro Militar são importantes para a sociedade. Quem vê uma viatura da PM imagina logo homens com pistola na mão. O trabalho de combate só acontece se houver necessidade de proteger o cidadão da bandidagem. Mas o trabalho destes homens e mulheres é passar segurança em todos os sentidos para a população, como esse caso de Caruaru e tantos outros comprovam. O Policial e o Bombeiro Militar quer, antes de tudo, salvar vidas”. Em dezembro do ano passado situação semelhante ocorreu e a criança também foi salva através de uma equipe da PM.

Notícias Relacionadas

Desenvolvido por Alexsander Arcelino