Presidente da ACS-PE divulga vídeo da reunião que teve com o Presidente Jair Bolsonaro e detalha o encontro

Albérisson Carlos participou de conversa com blogueiro sobre encontro com Presidente da República, que abriu caminho para financiamento habitacional.

Publicado em - 15 de junho de 2021

Presidente da ACS-PE divulga vídeo da reunião que teve com o Presidente Jair Bolsonaro e detalha o encontro

O blogueiro Carlos Peruca e o presidente da ACS-PE Albérisson Carlos. Foto: Reprodução

O blogueiro Carlos Peruca e o presidente da ACS-PE Albérisson Carlos. Foto: Reprodução

As demandas dos Policiais e Bombeiros Militares foram entregues em mãos ao Presidente Bolsonaro. O encontro ocorreu em Anápolis-GO. Foi o ponto alto do 21o Fórum de Entidades Representativas dos Militares do Brasil. Jair Bolsonaro reservou espaço na agenda para receber os presidentes de Associações de todo o Brasil e sinalizou positivamente para as pautas.

O financiamento habitacional de 100%, com subsídio federal, é o principal deles. Bolsonaro já confirmou que o programa está sendo produzido pela Caixa Econômica Federal. É só uma questão de tempo para que Policiais e Bombeiros Militares tenham acesso a condições especiais para compra da casa própria. Mas outras questões foram entregues em mãos ao Presidente da República.

“Comprar a casa própria sempre foi uma dificuldade. Os salários nunca foram dos melhores e estão defasados há anos. Esse programa serve até como incentivo para o Policial e o Bombeiro Militar que não consegue ter qualidade de vida pagando aluguel e ausentando a família”, acredita Albérisson Carlos.

A isenção de impostos para compra de armas também é considerada fundamental. Afinal de contas, a carga tributária encarece esse que é um dos instrumentos de trabalho do militar na proteção à sociedade.

“Nada mais justo. Todo mundo sabe que em países como os Estados Unidos, o preço das armas é bem mais em conta para qualquer pessoa. Aqui a gente pede que esses profissionais possam ter acesso a armas com preço diferenciado. Isso ajuda até ao militar manter e aperfeiçoar seus treinamentos”, argumenta o Presidente da Associação Pernambucana dos Cabos e Soldados.

A isenção de IPI para compra de carros pode se estender a todos os profissionais da segurança pública. É uma outra conquista que pode contribuir para a valorização das categorias que trabalham para combater a criminalidade. Voltando a falar exclusivamente de Militares, a criação da Polícia Nacional Ambiental é uma proposta vista como fundamental para os tempos atuais.

Quando tanto se fala em aquecimento global, esse policiamento específico pode ajudar no cumprimento das metas de redução de emissão de carbono e desmatamento ilegal. Ele seria formado por militares da reserva.

“O Militar fica na reserva até os 65 anos. Nesse período ele pode ser chamado a qualquer momento. Muitos estão em busca de serviço. Essa seria uma solução para preservar o meio ambiente e atender as demandas de quem quer e ainda tem totais condições de trabalhar como Policial”, acredita Albérisson Carlos.

Para finalizar a live transmitida pelas redes sociais da ACS-PE, Albérisson falou sobre o retorno do Ministério da Segurança Pública. Atualmente a pasta pertence ao Ministério da Justiça. Para ele é preciso separar as coisas.

“Justiça é tão fundamental quanto segurança pública, mas são coisas diferentes. Para coordenar a segurança pública do país é preciso entender de rua, de polícia, de quartel, de viatura, de delegacia. Por isso, o ideal seria um Ministério específico com alguém da área como ministro”, conclui Albérisson.

Notícias Relacionadas

Abrir Chat
Olá 👋 Podemos te ajudar?
Olá 👋
Podemos te ajudar?